O Movimento do Dólar e o Ritmo de Recuperação da Economia Brasileira

O Dólar e a Recuperação da Economia


Depois de dois anos em queda, o PIB (Produto Interno Bruto) voltou a crescer no ano passado, com alta de 1%, conforme os dados divulgados nesta quinta-feira (1º) pelo IBGE. Quando vai bem, a economia costuma ser aliada do governo. Entre 2015 e 2017 país perdeu mais de 3 milhões de empregos com carteira assinada - Conforme os dados do IBGE, esse componente do PIB cresceu 13% no ano passado, o maior percentual desde o início da série histórica, que começa em 1998. Isso significa que parte importante do impacto positivo da "riqueza" gerada pela economia no período - criação de emprego, aumento de consumo - ficou mais concentrado no interior do que nas grandes capitais, por exemplo, onde a maioria da população vive.

O movimento do dólar e o ritmo de recuperação da economia brasileira


Dólar se estabiliza em R$ 3,47 =>> No setor bancário, depois de uma abertura mais forte, Bradesco ON (+0,28%, a R$ 32,54), Bradesco PN (+0,72%, a R$ 34,98), Itaú Unibanco (-0,10%, a R$ 51,56) e Banco do Brasil (+0,29%, a R$ 37,46) sustentam um desempenho mais modesto. No exterior, o Dow Jones cai 0,21%, o S&P 500 sobe 0,04% e o Nasdaq avança 0,01%. O dólar replica as variações da véspera e tem leve queda ante o real nesta sexta-feira, pregão que marca o término de uma semana atribulada para o mercado de câmbio e que empurrou o real a mínimas em cerca de dois anos frente a seus pares. Fonte do Canal Youtube Bradesco!

Assista o Vídeo Abaixo: Movimento do Dólar e o Ritmo de Recuperação da Economia

Comentários

Promoções de Máquinas de Cartões de Crédito

Promoção de Máquinas de Cartão de Crédito Pagseguro

Postagens mais visitadas deste blog

Emitir Fatura Cartão Santander por Email

Cartão Internacional Pré-Pago MegaBonus

Solicitar Cartão Caixa VISA Nacional