O Movimento do Dólar e o Ritmo de Recuperação da Economia Brasileira

O Dólar e a Recuperação da Economia


Depois de dois anos em queda, o PIB (Produto Interno Bruto) voltou a crescer no ano passado, com alta de 1%, conforme os dados divulgados nesta quinta-feira (1º) pelo IBGE. Quando vai bem, a economia costuma ser aliada do governo. Entre 2015 e 2017 país perdeu mais de 3 milhões de empregos com carteira assinada - Conforme os dados do IBGE, esse componente do PIB cresceu 13% no ano passado, o maior percentual desde o início da série histórica, que começa em 1998. Isso significa que parte importante do impacto positivo da "riqueza" gerada pela economia no período - criação de emprego, aumento de consumo - ficou mais concentrado no interior do que nas grandes capitais, por exemplo, onde a maioria da população vive.

O movimento do dólar e o ritmo de recuperação da economia brasileira


Dólar se estabiliza em R$ 3,47 =>> No setor bancário, depois de uma abertura mais forte, Bradesco ON (+0,28%, a R$ 32,54), Bradesco PN (+0,72%, a R$ 34,98), Itaú Unibanco (-0,10%, a R$ 51,56) e Banco do Brasil (+0,29%, a R$ 37,46) sustentam um desempenho mais modesto. No exterior, o Dow Jones cai 0,21%, o S&P 500 sobe 0,04% e o Nasdaq avança 0,01%. O dólar replica as variações da véspera e tem leve queda ante o real nesta sexta-feira, pregão que marca o término de uma semana atribulada para o mercado de câmbio e que empurrou o real a mínimas em cerca de dois anos frente a seus pares. Fonte do Canal Youtube Bradesco!

Assista o Vídeo Abaixo: Movimento do Dólar e o Ritmo de Recuperação da Economia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Emitir Fatura Cartão Santander por Email

Solicitar Cartão Caixa VISA Nacional

Cartão de Crédito Itaucard