Dicas de Como Sair do Vermelho e Pagar as Dívidas

Como Pagar as Dívidas e Sair do Vermelho


Como Pagar as Dívidas e Sair do VermelhoAgora é a hora de agir: Se você gasta mais do que ganha ou já está no vermelho, precisa reunir coragem e cortar gastos. Não se iluda - O único jeito de voltar a ter equilíbrio financeiro é encarar o problema, mesmo que isso signifique que por algum tempo você terá que adiar projetos importantes e deixar de fazer compras, passear e se divertir como antes. Um passo por vez - Crediário, cartão de crédito, financiamento, e outros mais. Usar um desses tipos de crédito para comprar alguma coisa significa assumir uma dívida, o que não é um problema desde que você esteja consciente e preparado para esses gastos. O desafio é não se perder nas contas. Afinal, quem tem mais dívidas do que consegue pagar, vive preocupado e acaba prejudicando seus próprios projetos. Conheça as dicas para sair do vermelho e pagar as dívidas...

Dicas de Como Sair do Vermelho e Pagar as Dívidas


Como pagar as dívidas e sair do vermelho: Para começar a colocar as suas contas em dia, depende de você: Mantenha as contas em dia e deixe um dinheiro guardado para emergências. Se a situação apertar, não perca tempo. É melhor agir antes que as coisas piorem ainda mais. Mesmo que tudo pareça perdido, mantenha a cabeça fria e faça um plano para reorganizar as contas. Reconheça que tem um problema e não coloque a culpa nos outros. Liste todas as suas dívidas e tente negociar prazos maiores e juros menores para cada uma delas. Se puder, faça um empréstimo com juros baixos, como crédito consignado, para quitar de vez as dívidas de juros mais altos, como cheque especial e rotativo do cartão de crédito. Enxugue os gastos, procurando produtos mais baratos, cortando supérfluos e eliminando desperdícios. Destine o que economizar e também os ganhos extras para o pagamento de dívidas e de contas atrasadas. Depois de tudo quitado, reorganize as contas e tente guardar algum dinheiro para emergências.

Veja as Dicas de Como Reduzir Gastos:


Seja Pulso firme: Para melhorar sua condição financeira, comece reduzindo gastos. Assim, você ganha fôlego para pagar dívidas e reorganizar o orçamento. Analise suas despesas para saber o que é essencial – como aluguel, alimentação, escola – e o que pode ser reduzido ou cortado. Boas ideias - Considere a possibilidade de receber parte das férias em dinheiro, usar ou antecipar o 13º salário, vender bens ou buscar trabalhos extras. Busque serviços mais baratos ou pacotes promocionais entre as operadoras de celular, telefone, internet e TV. Compre apenas o que for indispensável, pesquise preços, negocie descontos à vista e prefira marcas com a melhor relação entre custo e benefício. Jogando no mesmo time - Abra o jogo com a família.

Faça com que todos na casa se envolvam e que cada um assuma o compromisso de reduzir seus gastos individuais. Vale também avaliar a possibilidade de obter renda extra a partir de alguma atividade familiar. Mas é bom evitar o desânimo. Deixe claro que a dificuldade é passageira e que, no futuro, haverá mais tranquilidade para a realização dos planos de cada um. Quanto antes vocês conseguirem resolver a dificuldade, melhor para todos. Uma dica, é você conhecer o "Guia do Devedor" que poderá te ajudar a sair de todas as dívidas muito mais rápido. Clique Aqui para continuar... Quanto você Deve? Descubra o Tamanho da sua Dívida!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Emitir Fatura Cartão Santander por Email

Solicitar Cartão Caixa VISA Nacional

Cartão de Crédito Itaucard